Regressos


Regressar ao blog

O último post tem mais de um ano. Sinto-lhe a falta mas falta-me o tempo e a disponibilidade que gosto de dedicar aos meus projetos.

Mas sinto-lhe a falta porque os outros meios que uso (facebook e Instagram) não me dão a mesma satisfação que o blog me dá. A possibilidade de contar uma história (ainda que principlamente com fotografias) num blog não encontro nos outros meios.

Regressar a Itália

A última semana de Agosto foi passada em Itália, mais precisamente em Turim, com passagens por Veneza e Verona.

Umas férias diferentes. Em família. Família alargada. Fomos 9 :) E foi muito bom!

1-DSC_5605.JPG

Num dos últimos dias em Turim, a manhã foi passada no Parco del Valentino, repleto de esquilos bastantes habituados aos humanos.

Confesso que me perco com estes miúdos simpáticos!

1-DSC_5353.JPG

1-DSC_5243

1-DSC_53601-DSC_52841-DSC_52791-DSC_52401-DSC_52761-DSC_51331-DSC_5170-0011-DSC_53471-DSC_5229

1-DSC_51791-DSC_51781-DSC_5378.JPG

Não são irresistíveis?

Voltarei com mais fotografias desta viagem. Veneza foi uma surpresa muito boa!

 

 

 

#ourplanetdaily #awakethesoul #wondermore #roamtheplanet #wildernessculture #watchthisinstagood #theglobewanderer #wanderout #moodygrams #exploremore #Modernwild #livefolk #takemoreadventures #artofvisuals #visualsoflife #discoverearth #exploretocreate #modernwild #agameoftones #themoderndayexplorer#folkscenery #folkgreen #visualsofearth #featurecollective #modernoutdoors#instagood #theoutdoorfolk #takemoreadventures #thegreatoutdoors

Irresistível


Quando tenho um voo, tento fazer o check-in o mais cedo possível, para poder escolher o lugar ao meu gosto…

Gosto de voar na zona das asas, porque se sente menos instabilidade durante o voo. E gosto de me sentar à janela porque não resisto à vista fabulosa que nos é apresentada quando passamos a fofa camada de núvens…

1-20160418_1854251-20160418_1853431-20160418_1853071-20160418_1852591-20160417_114253

Também adoro ver a cidade lá em baixo, a ficar cada vez mais em miniatura. Desta vez, por questões relacionadas com a “recuperação” do aeroporto de Bruxelas, o meu voo de regresso a Lisboa saiu de Ostende, no Norte da Bélgica. Uma cidade costeira, que me pareceu (na rápida passagem de autocarro da estação de comboio para o aeroporto), uma cidade bem pitoresca e agradável.1-20160418_1852091-20160418_1851551-20160418_1851471-20160418_1851261-20160418_1851131-20160418_185104

{ Bruxelas }


Eu sei que muitas vezes posso fazer transparecer que uso as viagens que faço em trabalho em meu proveito pessoal. A verdade é que vou a reuniões fora do país (o que muitos colegas se recusam a fazer e eu não me importo nada) e em nenhum momento descuro o objectivo da viagem ou o meu trabalho.

Agora, já que lá estou, não vou deixar de aproveitar as horas livres para conhecer um pouco mais uma cidade que não é a minha.

Na semana passada tive essa oportunidade, já que tive de ir ao domingo. E já que vou ao domingo, decidi ir no 1º voo, às 7 da manhã (obviamente, sem qualquer prejuízo para o trabalho). Ao meio dia estava no centro de Bruxelas, pronta a explorar algumas dicas de um guia diferente, o Use-it. Trata-se de um conjunto de guias diferentes para várias cidades, mas feitos por locais e com dicas diferentes daqueles guias turísticos tradicionais.

Desse guia escolhi 4 dicas diferentes: um mercado internacional; uma feira da ladra; um jardim escondido; e um parque de estacionamento (sim, leram bem!). Tudo feito a pé ;)

O passeio começou com a ida ao mercado. Cheio de gente, enorme, ao ar livre e com uma diversidade enorme de produtos. Desde as frutas e legumes (lindos e alguns diferentes), especiarias, comida pronta, roupa, utensílios de cozinha, bijuteria… Um pouco de tudo. Fica junto à estação du Midi. O segredo, para quem tencione comprar frutas ou legumes, é ir no final, altura em que os vendedores querem “despachar” o que sobra e os preços descem a pique.

De seguida dirigi-me à feira da ladra. Pequena, resume-se a um largo, a Place de Jeu de Balle. Mas com um ambiente muito giro e numa zona com várias lojas de antiguidades, velharias e peças vintage. Vale a pena visitar a feira e algumas das lojas das redondenzas.20150208_135946 20150208_140505 20150208_140523 20150208_140537 20150208_140610 20150208_140647 20150208_141100 20150208_141230 20150208_141323 20150208_141628 20150208_141654

Vista as feiras, decidi dirigir-me a um pequeno jardim, que o guia referia ser desconhecido de grande parte dos locais, por estar bem escondido no meio de vários edifícios. De facto não foi fácil encontra-lo. Quando estava eu parada no meio da rua a olhar para o mapa, perguntaram-me se precisava de ajuda e alguém que morava ali não conhecia o parque. Mas lá o encontrei e confirmo que parece a entrada para as traseiras de um prédio. Está mesmo bem escondido. O que justifica a calma que o rodeava. Lá dentro existe uma cafetaria com uma agradável esplanada, casinhas de pássaros presas nas árvores e uma estátua que me deliciou. É o Peter Pan de George Frampton. Uma das réplicas existentes. Deixo-vos alguns detalhes que me encantaram…

DSCF9789DSCF9795 DSCF9794 DSCF9793 DSCF9792 DSCF9791 DSCF9790

Já me esquecia de contar o porquê do parque de estacionamento… O Parking 58 é um local onde podemos subir gratuitamente ao último andar (o 10º) e ter uma vista privilegiada de 360º sobre a cidade… Confesso que esperava mais, mas ainda assim acho que vale a pena.

{ E depois há o chocolate… }


Ir a Bruxelas é (também) como entrar um pouco no mundo do chocolate… Já a espreitar o Natal, as montras das inúmeras lojas de chocolate já se começam a vestir a rigor para encantar os apaixonados pelo Natal. 20141112_110049 20141112_110110 E para nos transportar à infância, com os (igualmente) deliciosos Estrumpfes (ou Schtroumpfs)…20141112_110147 … e o Rei Babar, que acompanhou a minha infância, talvez mais do que qualquer outra colecção de livros infantis (lembraste, mana?)20141112_110750

{ Parc de Bruxelles }


Com a reunião a começar às 14h30, depois do almoço decidi que o percurso de cerca de 3km até Schuman seria feito a pé. Não chovia, por isso foi a melhor opção para passear mais um pouco e conhecer o Parc de Bruxelles, que ficava a caminho.

20141112_125600~2 20141112_125708 20141112_125717 20141112_125728 20141112_125735 20141112_125741 20141112_125853 20141112_125900 Valeu a pena arrastar o trolley e passear mais um pouco antes da reunião.

{ Brussels }


Não ia a Bruxelas há uns dez anos. Regressei agora para uma reunião que me permitiu uma manhã livre, que aproveitei para explorar um pouco. Não podia deixar de passar pela Grand Place, que infelizmente ainda não estava vestida para o Natal…001 002 003 006 008 012 017 025 20141112_105356 20141112_105422 20141112_105529 20141112_105651No passeio ainda me cruzei com o pequeno Manneken Pis…020

A registar, apenas um ponto muito negativo da viagem… é incrível que o aeroporto de Bruxelas não seja servido por um único transporte público entre a meia noite e as 5h30 da manhã… 55€ de táxi para o centro!

Fica registado que o voo da noite não é para repetir…

{ Back to Copenhagen #9: O Hotel }


Das 5 vezes que fui a Copenhaga optei sempre por não repetir o hotel, excepto desta vez…

O Hotel, a 5 minutos a pé do local da reunião e bem no centro da cidade, chama-se Best Western Hotel City. É um hotel simpático, com algumas peças de designers nórdicos, como esta linda Swan, que se destaca numa área de estar comum.396658_542184595810338_1246238588_nOs quartos e corredores dos diferentes pisos têm enormes fotos a preto e branco de ícones do jazz, estilo musical que acompanha o pequeno almoço.  8798_541424839219647_224660339_n 198383_542183029143828_1725246004_n 305534_540817475947050_1753784876_n 378874_542184502477014_1723106515_n 430767_541424905886307_1279059301_n 480865_542184545810343_1373878881_n 1798808_798174080211387_90951895_n 1924859_798194573542671_834242623_n

A fonte/lago na entrada vai variando o seu ocupante… desta vez um patinho de borracha amarelo, da outra vez era um azul :)1653401_798376800191115_1945078510_n

O que me fez voltar a este hotel foi uma coisa tão simples como… o chá! Na minha primeira ida a Copenhaga fiquei aqui e, ao pequeno almoço bebi um maravilhoso chá de alfazema e camomila. Distraída como sou, não fixei a marca. Desta vez voltei lá para o beber novamente. A marca, essa veio comigo: The London Tea Company.

E assim, acho que acabo os posts sobre Copenhaga (pelo menos por enquanto ;) )

{Post agendado}

{ Back to Copenhagen #5 – Flower Power }


Em Copenhaga, há uma coisa que não passa despercebida: Flores!

As lojas, restaurantes, esplanadas estão sempre decoradas com flores lindíssimas, pequenos arranjos, pequenos vasos em latão, flores sempre coloridas embelezam ainda mais aquela cidade.

As floristas têm uma variedade enorme de flores, de todas as cores e tamanhos, onde a escolha se torna difícil.

Ao fim da tarde, é ver toda a gente com ramos de flores embrulhadas em papel, no seu regresso a casa.

Copenhaga 140 Copenhaga 149 Copenhaga 155 Copenhaga 156 Copenhaga 157 Copenhaga 159 Copenhaga 160 Copenhaga 161 Copenhaga 162 Copenhaga 163 Copenhaga 164Uma maravilha para os sentidos…

{Post agendado}

{ Uma realidade à parte }


Desde que comecei a ir a Copenhaga, a praça Kongens Nytorv encontra-se em obras. E a obra está toda cercada de tapumes, como é normal. O que esta obra tem de diferente das nossas, é que das 5 vezes que lá fui os tapumes têm sempre decorações diferentes.

Em Maio ou Junho estava assim.

Actualmente, num dos lados, encontramos muitos pares de asas pintados num fundo verde, onde nos podemos “encaixar# e tirar fotos. Sentados, de frente, aos pares, a variedade é muita.

Copenhaga 212

Estando sozinha, acabei por pedir a uns turistas para me fotografarem

Copenhaga 210

Haja criatividade!

{ Back to Copenhagen #3 – Locks of love }


Uma tradição usada noutras cidades europeias (pelo menos) chegou entretanto a Copenhaga.

Os apaixonados escrevem ou gravam os seus nomes em cadeados prendem-nos no gradeamento de uma das pontes de Nyhavn… e atiram a respectiva chave à água, como sinal de um Amor eterno.

Romântico, piroso, apaixonado ou louco? Cada um sabe de si!

109105 106 107 108110 111 112 113

Eu achei a ideia engraçada!

{Post agendado}