{ Feira da Ladra || Lisbon Flea Market }


No último sábado apeteceu-me fazer um pouco de turismo na minha cidade. Entrei no eléctrico 28 e subi à Feira da Ladra.

Num sábado, e se querem mesmo entrar no 28, aconselho a fazerem o que eu fiz. Vão apanhá-lo no início da Calçada do Combro. A partir do Largo Camões torna-se tarefa difícil, com filas intermináveis de turistas nas paragens…

O passeio no eléctrico, só por si, já vale a pena. As ruas e ruelas apertadas por onde passa e as vistas deslumbrantes sobre o Tejo são motivo mais do que suficiente para deixar o carro à porta de casa e dar uso ao passe.

Quanto à Feira da Ladra… Um passeio irresistível. Há sempre tantas peças que gostava de trazer comigo e outras tantas que simplesmente me fazem sorrir. Num dia de sol maravilhoso como o de sábado, sabe sempre bem um passeio destes.

1534687_806636802698448_633281437_o 1654685_806636852698443_129041821_o 1909192_806636806031781_359645741_o 1909343_806636849365110_917591761_o 1911207_806637316031730_1048242971_o 1913238_806636809365114_1029246094_o 1939540_806637016031760_257777439_o 1614163_806637009365094_874391192_o1939935_806636932698435_602291519_o 1962462_806637252698403_651500962_o 1973413_806636659365129_1630947910_o 1957686_806249256070536_1433363121_o 1973190_805593449469450_181934900_o

Há quanto tempo não passam pela Feira da Ladra?

O regresso, para mim, é sempre feito a pé, passando pela Cerca Moura, passeando por Alfama e acabo sempre por descobrir novas ruas.
1264128_806637336031728_149054289_o 1529979_806638189364976_1049675906_o 1622476_805565659472229_1968925284_o 1960768_806638226031639_492237219_o 1962524_806638036031658_1750178584_o 1978601_806638222698306_2100659692_o

Ir de 28, tem sempre um risco implícito. Quando vinha para baixo a pé, deparei-me com este cenário. Alguém com pouco bom senso e muito pouco respeito, provocou a paragem de cerca de 15 eléctricos…1150687_806637759365019_1497363421_o

1015851_806638126031649_306039378_oO passeio terminou na agradável esplanada do Chão de Loureiro, mais uma vez com uma vista fenomenal e com a Jane Austeen a fazer-me companhia num Ginger Ale ;)

 

 

{Post agendado}

 

 

{ 28 Café }


Resultado de uma parceria entre o casal Nuno (arquitecto) e Eunice Brito (advogada) e o Museu da Carris, surge o fabuloso 28 Café, um café que é uma homenagem ao famoso eléctrico 28.027

Trata-se de uma réplica do 28, um pouco aumentado, onde podemos beber um café com os amigos ou fazer uma refeição.028

030032

Situado junto ao Castelo de São Jorge, o 28 Café Lisboa, tem todas as características do eléctrico, com os habituais autocolantes “Cuidado com os carteiristas”, “Atenção. Para sua segurança não se debruce nas janelas”, etc.034035038E ao contrário do que seria de esperar, tanto pelo espaço como pela sua localização, os preços são muito acessíveis. Beber um café no 28, ao lado do Castelo, por 0,60€ foi uma surpresa.040041Não deixem de visitar. Aproveitem um passeio pela zona do Castelo e deliciem-se no 28 Café!

O 28 Café fica na Rua de Santa Cruz do Castelo nº45, em Lisboa