{ Post Scriptum à carta ao Pai Natal }


P.S. – Eu juro que não queria abusar, querido Pai Natal… Mas será um grande abuso da minha parte dizer só mais uma coisinha? É que o combinado era que me enviavas a máquina fotográfica até dia 28 de Fevereiro. Eu sei que estas coisas por vezes demoram mais do que o previsto, mas tendo em conta que o Rudolfo não deve andar demasiado ocupado, achas que dava para cumprir essa promessa?

Sabes… (claro que sabes, Tu sabes tudo) é que vou a Copenhaga no dia 3 de Março e como deves calcular, a máquina dava um jeitão…

Se não der, não faz mal… eu compreendo, mas se puderes e não achares que já estou a abusar da sorte da tua boa vontade, ficar-te-ei eternamente grata!

{Post agendado}

 

{ Christmas tree }


Sou apaixonada pelo espírito que envolve o Natal. Nesta época as pessoas são mais calorosas, mais propensas a ajudar o próximo, mais voluntariosas.

E adoro a estética que o Natal traz às nossas ruas, às nossas casas. As luzes, as decorações, as árvores…

A minha árvore de Natal partiu-se quando a desmontei há dois Natais atrás. No ano passado não tive (nesta casa) uma árvore. O que não significou que não existissem decorações de Natal.

Mas este ano queria mesmo ter uma árvore. Ontem andei por vários sítios para comprar uma árvore de Natal. Aliás, várias chegaram a ser colocadas no carrinho de compras. Mas o bom senso acabou por falar mais alto. É que as árvores que se aproximavam do que eu gosto custavam perto de 100€. Claro que existiam várias alternativas mais baratas, mas muito sem graça e muito despidas e vazias.

Acho, principalmente nos tempos que correm, um absurdo gastar 100€ por uma árvore de Natal.

Também vi os pinheirinhos verdadeiros, mas a surpresa de os retirar da rede e sair de lá uma coisa torta e estranha, não me atrai.

Por isso, resolvi seguir o exemplo (e as instruções) que tinha visto esta semana no blog Boho Deco Chic e decidi que a árvore deste ano vai ser diferente.

Comprei as ripas de pinho, que vieram logo cortadas com as medidas certas:

049E por menos de 8€ estou a fazer a minha árvore de Natal não tradicional, mas que vai muito mais ao encontro do meu gosto e dos meus princípios.

Se quiserem, sigam as instruções do vídeo: