{ Surprise!! I’m alive… }


É curioso como ainda me consigo surpreender comigo e com os meus limites.
mais de vinte alguns anos que não fazia exercício físico, para além das caminhadas que gosto de fazer junto ao Tejo.
Correr, então, é coisa que só fiz obrigada provavelmente na escola preparatória. Nunca gostei nada de correr.
E ontem, pasme-se, fui correr. C O R R E R !!!
Estava convencidíssima que ao fim de dez passos ia desistir e dedicar-me aos aparelhos que existem no local.
Mas não! Não só dei os tais dez passos a correr como corri muito mais. Muito mais do que alguma vez imaginei possível.
A sério que fiquei surpreendida. E ainda fiz várias séries de exercícios nos aparelhos.
5ª feira lá estarei novamente (se me conseguir mexer…)!
Sabe bem ter este tipo de surpresas :)

Sweet sugar


{Foto: Sol de Dezembro}

No final de 2011, início de 2012 tomei várias decisões. Umas mais sérias que outras. Umas implicam uma mudança valente na minha vida outras implicam mudanças de hábitos (ou vícios?).

Nesta última categoria encaixa uma resolução associada aos doces. E não, não decidi que vou deixar de comer doces! Até porque as resoluções devem ser realistas e exequíveis.
Em vez de não comer doces, decidi deixar de os comprar. Assim, vou conseguir reduzir a quantidade de doces que como (sem ficar a salivar por um chocolate) ao mesmo tempo que poupo dinheiro e, possivelmente, uns quilinhos.
Tendo isto em conta, posso comer doces oferecidos (sendo que não vou andar a pedir que me ofereçam as sobremesas no final de uma refeição, mas se me oferecerem um chocolate, ou qualquer outra coisa açucarada, tenho (a minha) autorização para comer.
Outra possibilidade é fazê-los. Ou achavam que ia deixar de fazer bolos, caramelos e bolachinhas? Claro que não!
Aliás, ontem já comprei gelatina neutra para uma nova experiência culinária adocicada. Se correr bem mostro o resultado!
 
{Foto: Sol de Dezembro}