{ Ainda sobre recomeçar }


Um dos primeiros passo para o tal recomeço, passa por retomar uma parte de mim há muito deixada para 2º plano (ou será para 429º plano?).

Há demasiado tempo que as minhas mão não se colam a uma agulha (a não ser para subir bainhas…); que os meus sentidos não são despertados pelos padrões e cores dos tecidos que são uma paixão;

Que o rolo de baker’s twine branco e encarnado não é desenrolado para envolver um bonito embrulho.

A escolha dos tecidos, as combinações de cores e padrões, são sempre um desafio…

É isso, a bu&bau vai voltar. De cara lavada, mas com o mesmo carinho e atenção que sempre lhe dediquei.

Deixo-vos aqui algumas das peças do passado, algumas das quais serão, sem dúvida, retomadas, noutras cores e padrões…

E não há melhor motivação para este recomeço do que dar uma grande volta no atelier, que não se mexe há demasiado tempo. Antes, estava sempre a mudar tudo do sítio, a encontrar novos sítios para cada peça e isso vai acontecer novamente. É essencial para dar início aos trabalhos.

Nada como começar, desde já, a preparar o Natal :)

Em breve numa página perto de si ;)

{ Começar do zero ou recomeçar aos quarenta… }


Por vezes apetece-me começar tudo.
Começar a partir do zero.

Tudo novo, sem a bagagem que me vem agarrada.
Casa nova, para começar.
Emprego novo.
Um outro país, quem sabe…
Vida nova.

Mas  nessa bagagem também existem pessoas, memórias e objectos que não quero largar.
E esta parte da bagagem, que é parte integrante de mim, eu quero continuar a ter por perto, junto à pele, junto ao coração.

E por isso, mais do que começar do zero, quero recomeçar aos 40. Vou fazer alterações, mudanças, em mim e no que me está agarrado. E também vou aproveitar mais. Do que tenho e do que sou.

Foto: Sol de Dezembro