{ Quase nos 40 }


Ora bem, o tempo passa, os anos passam e eu estou a prestes a dar de caras com os 40! Mais uma semaninha e lá chegarei!
Para uns não passa de um número, para outros é uma linha que separa a juventude da velhice. Aos 40 somos cotas, dizem alguns.

Gosto de brincar com a idade, de fingir que me importo, de dizer que a mana é MUIIIITO mais velha do que eu, mas a verdade é que sempre gostei de fazer anos. Gostei dos 20, dos 34 e tenho a certeza que vou gostar dos 40. São os 40 anos que vivi (e a forma como os vivi, bem ou mal) que me fizeram o que sou hoje. E eu gosto disso!

Quanto a sentir-me velha… Não sinto mesmo! Que venham muitos mais!

{ Rir é o melhor remédio! }



Sei que muita gente acha que os dias não estão para rir. Mas se não nos rimos nos bons momentos não aproveitamos a vida. 
Porque apesar das adversidades que andam à espreita (ou que já chocam de frente connosco), ainda existem bons momentos. E esses são muitos. E temos de fazer com que sejam ainda mais e aproveitados ao máximo. 
Não é preciso sermos palhaços para nos rirmos, mas não faz mal nenhum colocar o nariz vermelho e dar uma boa gargalhada.
Rir é mesmo uma boa opção!