{ Entrada }


Ando há demasiado tempo que ando para arranjar a entrada cá de casa. Mas as ideias são muitas e o dinheiro tempo pouco.

Cada vez que vejo uma ideia gira, mudo os planos. Mas acho que tenho de parar e decidir-me.

Gosto imenso da ideia deste “cabide” corrido ao longo de toda a parede, onde se pode pendurar tanto um casaco e um cachecol, como um elemento decorativo, como um saco giro, uma casa de pássaros, e pequenos cestos para arrumar a trela da e-nome ou pousar a correspondência…Como mesa de apoio, estou a planear construir uma muito parecida com esta em baixo, já que pelas instruções não parece ser difícil.Para a parede oposta, que fica em frente à porta do atelier que tem muita luz natural, Lembrei-me de fazer uma brincadeira com vários espelhos para tentar espalhar luz pelo hall, que não tem nenhuma natural.

A cor base será sem dúvida o branco e a cor aparecerá em apontamentos decorativos.

{ Fotos em telas }


Ainda a propósito do post de ontem, hoje trago um tutorial que encontrei no Literally Inspired. Uma forma muito simples de expor fotografias em telas:
canvas2Os materiais necessários são bastante acessíveis: Mod Podge, tinta acrílica, tela e pincel e a foto que pretende expor.

canvasphotos1_zps99d8f034O primeiro passo é pintar as laterais da tela (é opcional, mas de facto dá um toque especial, não acham?).CanvasPhotos2_zps0c2f6a35 Espalhar o Mod Podge uniformemente na tela:canvasphotos3_zps4287c12f Colocar a foto por cima.CanvasPhotos4_zpsb98dbdd0Depois de seco, verificar se é necessário aparar a foto e em seguida espalhar mais uma camada de Mod Podge por cima da foto (depois de seco fica totalmente incolor).

canvas2

As fotos e o tutorial são do site  Literally Inspired, onde podem encontrar outras ideias.

{ Christmas tree }


Sou apaixonada pelo espírito que envolve o Natal. Nesta época as pessoas são mais calorosas, mais propensas a ajudar o próximo, mais voluntariosas.

E adoro a estética que o Natal traz às nossas ruas, às nossas casas. As luzes, as decorações, as árvores…

A minha árvore de Natal partiu-se quando a desmontei há dois Natais atrás. No ano passado não tive (nesta casa) uma árvore. O que não significou que não existissem decorações de Natal.

Mas este ano queria mesmo ter uma árvore. Ontem andei por vários sítios para comprar uma árvore de Natal. Aliás, várias chegaram a ser colocadas no carrinho de compras. Mas o bom senso acabou por falar mais alto. É que as árvores que se aproximavam do que eu gosto custavam perto de 100€. Claro que existiam várias alternativas mais baratas, mas muito sem graça e muito despidas e vazias.

Acho, principalmente nos tempos que correm, um absurdo gastar 100€ por uma árvore de Natal.

Também vi os pinheirinhos verdadeiros, mas a surpresa de os retirar da rede e sair de lá uma coisa torta e estranha, não me atrai.

Por isso, resolvi seguir o exemplo (e as instruções) que tinha visto esta semana no blog Boho Deco Chic e decidi que a árvore deste ano vai ser diferente.

Comprei as ripas de pinho, que vieram logo cortadas com as medidas certas:

049E por menos de 8€ estou a fazer a minha árvore de Natal não tradicional, mas que vai muito mais ao encontro do meu gosto e dos meus princípios.

Se quiserem, sigam as instruções do vídeo:

{ D.I.Y. }


Usei este tecido do Ikea para os painéis que fiz ontem, para a janela e porta (para a varanda) do atelier.
Fica tão alegre!
Basicamente são dois rectângulos como o da foto.
Agora tenho de pensar numa forma simples de os subir e prender, quando quiser olhar para a rua (quase sempre)!
E ainda tenho de encontrar um tecido giro para os da cozinha!