{ Aprende a andar, Ana… aprende a andar }


{Foto: Sol em Dezembro}
Aqui a vossa amiga andou a namorar estas sandálias na Parfois durante algum tempo. Mas, a bem dizer, ou não existia o número certo ou se existia o número, não me agradava o modelo ou a cor.
Há cerca de um mês, enquanto fazia tempo para o cinema, lá fui tentar a sorte novamente e… consegui! Brancas no número certo. Quer dizer… não é bem o n.º certo porque esse não existia. Para ficarem perfeitas devia ter sido um 37,5. Foi o 38.
Pois bem, eu devia ter “dado ouvidos” aos sinais e não ter insistido. Mas quem é que acredita nessas coisas quando se trata de comprar sandálias?!

É que desde que as tenho, a coisa não tem corrido da melhor forma e, se ainda estou inteira é uma mera casualidade. Ora atentem a sucessão de acontecimentos…
Episódio n.º 1:
A subir as escadas de uma esplanada (cheia de gente!!) – CATRAPUM!
Joelhos no chão; 4 caixas (com a palavra frágil escrita por fora) no chão; as mãos não foram ao chão porque ficaram EM CIMA das caixas com produtos que antes da queda eram frágeis; o ego ficou 3,5 metros abaixo do nível do mar.
Resultado: joelho dorido, duas das caixas e respectivos conteúdos desfeitos e eu fiquei pequenina, pequenina de vergonha!
Episódio n.º 2:
A descer as escadas do meu prédio para ir passear a e-nome, o pé escorregou e… CATRAPUM!
Rabo no chão, mãos no chão e e-nome no chão, porque se assustou com a minha queda e escorregou pelas escadas também.
Resultado: pulso dorido (o meu, a e-nome não se queixou…), dedo esfolado, ego inteiro , já que mais ninguém assistiu à cena.
Episódio n.º 3:
A descer as escadas de um minimercado no passado fim de semana (leia-se: cheio de gente)… CATRAPUM!
Rabo no chão, mãos no chão e o ego enfiou-se automaticamente num buraco de cerca de 5 metros de profundidade.
Resultado: nódoa negra (aka roxa, que passou a verde e posteriormente a rosa choque sem saber o que virá depois) de um tamanho inimaginável e um ego fugitivo que certamente não voltará “para casa” este Verão.
Ora bem… após uma rápida análise, o que há de comum com estes três acontecimentos que se passaram num intervalo de tempo não superior a 3 semanas? EU, escadas e as estúpidas das sandálias!
Lições tiradas desta sucessão de quedas:
N.º 1: Colar-me Agarrar-me bem ao corrimão sempre que subo ou desço escadas com as estúpidas das sandálias!
N.º 2: Não transportar produtos frágeis ou sensíveis quando calçar as estúpidas das sandálias.
N.º 3: O Trombocid provoca alteração da cor das nódoas negras a cada aplicação.
Sim, ou pensavam que me ia desfazer das minhas estúpidas lindas sandálias de 9 euros? Claro que não!

7 thoughts on “{ Aprende a andar, Ana… aprende a andar }

You're saying

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s