{ E hoje… }


… para variar um bocadinho…

ESTOU IRRITADA!!!

Sei que não tenho grandes motivos para isso, mas esta irritação não me sai de cima!

Pronto!

O que vale é que é sexta feira e o fim de semana promete…

Mas esta semana já teve dias melhores… ai teve!

Que irritação!

{ O fim da crise, segundo o mano… }


Conversa de ontem, no trajecto da escola para casa da avó…
Mano: Maaana, sabes que amanhã joga “o Portugal”!
Eu: Sim, sei.
Mano: E se “o Portugal” ganhar amanhã, depois joga outra vez.
Eu: Pois é. Acho que é no domingo.
Mano: E se “o Portugal” ganhar no domingo, acaba a crise!
Eu: COMO?! Onde é que foste buscar essa ideia?
Mano: Então, mana, se eles ganharem recebem um prémio. E acho que não é só a taça… vem um cheque também.
Eu: Mas o cheque é para eles…
Mano (enquanto revira os olhos): Oh mana, mas tu não percebes nada de futebol… não vês que eles são “o Portugal?” Se “o Portugal” receber um cheque, sai da crise!
Nota: O mano tem 8 anos acabados de fazer…

{ Obrigada, Vida! }


Se há coisa que me faz feliz é estar de bem com a vida. Não ter preocupações de maior. Ter dias maravilhosos como estes que nos têm visitado. De calor. De conhecer pessoas novas e bem dispostas. De ir à praia. De comer caracóis e o melhor choco frito do mundo!
E namorar. Muito. Sempre!
Claro que há sempre qualquer coisa que podia ser diferente. Uma preocupação que paira por aqui e que podia desaparecer.
Mas gosto de me concentrar no que a vida tem de melhor e deixar as preocupações para os momentos próprios. Momentos que vão surgir. Por isso, não vale a pena estar a antecipá-los.
Principalmente porque se aproximam dias com bons programas, originais e, mais uma vez, com gente divertida e de bem com a vida que se tem cruzado recentemente na minha vida.
And for that, I’m grateful!