{ A dobrar é melhor }


 

Ou melhor, ontem foi noite de ficar encantada com as guitarras de Afonso Pais (um dos mais reputados guitarristas nacionais) e do norte-americano Tim Sparks (um apaixonado pela guitarra portuguesa – que não tocou ontem).

Dos Dose Duplas que assisti, este foi sem dúvida o melhor. Não só pelos músicos, mas também pela companhia e pelo local. Provavelmente devido à realização do Rally de Portugal, o espetáculo realizou-se na cafetaria Quadrante, que deu um ar ainda mais informal mas mais intimista.
À saída ainda fomos brindados pelo cheiro da chuva numa noite quente.
Muito bom!
Se estiverem a pensar aproveitar estes concertos, apressem-se porque o da próxima semana será o último. Eu recomendo!

{ Vantagens do horário de Verão }


{Foto manhosa: Sol de Dezembro}

E de ter alguma flexibilidade de horário.
Ontem às 16h30 já tinha as minhas 7 horas de trabalho cumpridas e saí directa para a praia para aproveitar o que diziam que seria o último dia se sol quente destes dias…
Tinha tido convite para apanhar sol à hora de almoço (muito tentador), mas como era dia de pilates, fui uma rapariga forte e resisti à tentação… mas a vontade do sol ficou e lá fui eu, à tarde para a praia!
E que bem que se estava…